Ronaldo de Queiroz Lima vencedor do Fundo de Investigação Whitten 2019

Ronaldo de Queiroz LimaRonaldo de Queiroz Lima vencedor do Fundo de Investigação Norm and Sibby Whitten 2019

Ronaldo de Queiroz Lima, estudante de pós-graduação da Universidade Federal da Bahia e Pesquisador da Universidade Federal do Ceará, foi um dos vencedores do Prêmio Norm and Sibby Whitten Research Fund 2019, no valor de US$ 1.000, por sua pesquisa sobre como a etnia Anacé permite a produção de parentesco em duas situações territoriais distintas no Nordeste do Brasil.

Povo Anacé: parentesco, criação de lugares e liderança indígena

Este projeto analisa a elaboração da etnicidade Anacé a partir do parentesco e da criação de lugares como produção de condições indígenas que ligam o humano e o não-humano. A história dos Anacé é estudada em duas situações territoriais distintas. Os limites da terra são definidos pelo Estado, que interage com os chefes indígenas e é mediado por um antropólogo. O líder é legitimado por redes de parentesco e, às vezes, pela criação de lugares. As condições de existência indígena envolvem o poder num Estado sem Estado e com o Estado, como uma relação assimétrica. Liderança indígena, parentesco e criação de lugares são as palavras-chave desta pesquisa.

Sobre Ronaldo de Queiroz Lima

Currículo LATTES: http://lattes.cnpq.br/6740685606724579